Ivete Sangalo faz Carnaval animado em EP ao reviver a lambada entre pagode baiano e axé

  • 11/02/2019
  • 0 Comentário(s)

Ivete Sangalo faz Carnaval animado em EP ao reviver a lambada entre pagode baiano e axé

Dançando conforme o ritmo da indústria da música pop, Ivete Sangalo sabe que DVD e álbum são formatos atualmente menos palatáveis na era dos players digitais. Não por acaso, a artista lança EP com os áudios de quatro números do show que gravou ao vivo em dezembro, na cidade de São Paulo (SP), para gerar os ainda inéditos DVD e álbum intitulados Live experience.

Editado neste último fim de semana de janeiro de 2019, o EP Carnaval com Ivete (Universal Music) sinaliza já pelo título que a cantora baiana também está de olho no mercado da folia de março.

Até porque, desde novembro, as cantoras que disputam o mesmo nicho desse mercado – Claudia Leitte, Daniela Mercury e Margareth Menezes – vem lançando músicas inéditas candidatas a hits do Carnaval da Bahia neste ano de 2019. E todas três dispararam munição pesada para a guerra não declarada pela preferência do folião.

Ivete Sangalo também apresenta boas armas. Cantora que vem ampliando o leque rítmico do repertório nos últimos anos em conexões com nomes emergentes como a banda Melim, mas sem tirar totalmente o pé do universo musical da axé music, a artista faz o Carnaval no EP com mix caloroso de pagode baiano, lambada e axé.

Gênero que conquistou o Brasil na segunda metade da década de 1980, a reboque de gravações do cantor Beto Barbosa, a lambada ressurge em dose dupla neste EP ao vivo da estrela baiana, produzido pelo maestro Radamés Venâncio.

O ritmo conduz a levada de Lambada (Corpo molinho) (Samir e Tierry), música inédita gravada por Ivete em Live experience com a participação de Claudia Leitte em dueto que, a julgar somente pelo áudio da gravação, poderia ter sido mais bem explorado.

A lambada também está presente no medley que agrega a foliona Lambada de delícia (Gerônimo e Bego) – lançada em disco em 1988 pelo compositor Gerônimo (um dos pioneiros da axé music) e revivida por Ivete 12 anos depois no segundo álbum solo da cantora, Beat beleza (2000) – com O coco (Carlinhos Brown, 2009) e com Oba, eu vou lá (Ivete Sangalo, Radamés Venâncio e Gigi), música ainda sem registro fonográfico oficial, mas já cantada pela artista em shows desde 2017.

Também mostrada por Ivete em primeira mão em show, no caso em apresentação feita em outubro de 2018 em festival de Aracaju (SP), Teleguiado – música de ritmo agalopado então intitulada Coração sem freio – é o típico tema moldado para a fazer o povo da pipoca pular ao ir atrás do trio elétrico da cantora.

Contudo, apesar de manter um pé no axé mais tradicional, Ivete finca o outro em sons mais atuais. Estilizado pagodão baiano, calcado em baticum eletrônico, Mainha gosta assim (Dudu Borges, Tierry, Marcelinho Ferraz, Vitão e Pedro Dosh) junta Ivete com o cantor baiano Léo Santana e mostra que a carismática diva do axé continua sempre atenta aos sinais da indústria da música pop.

Fonte: https://g1.globo.com

0 Comentários


Deixe seu comentário


Aplicativos


Locutor no Ar

Pe. Reginaldo Manzotti

Experiencia de Deus

10:00 - 11:00

Peça Sua Música

Pedidos de musicas pelo nosso WhatsApp (43) 99909-5389. - participe e faça a nossa programação!


Top 5

top1
1. Wesley Safadao

So Pra Castigar

top2
2. Felipe Araujo e Ferrugem

Atrasadinha

top3
3. Henrique e Juliana

Quem Pegou Pegou

top4
4. Juliana Valiati

Vida que Segue

top5
5. Luan Santana e Jorge e Mateus

Sofazinho

Anunciantes